Picos(PI), 07 de Agosto de 2022
Picos(PI), 07 de Agosto de 2022

Economia
:::
Variações de preços movimentam o comércio de Picos para festas juninas
Postado em 09/06/2022 por Redação
Em uma pesquisa realizada em 6 supermercados do centro de Picos, nossa reportagem constatou as variações no ramo alimentício.
Tamanho da fonte A A
Mesa de alimentos tradicionais da festa junina
Foto: Reprodução

Por: Danilo Costa / Estagiário da Uespi

Após 2 anos de pandemia sem festividade, o Brasil retomou em 2022 as tradicionais atividades de festas juninas. A comemoração, marcada pelas ornamentações caipiras, quadrilhas de dança e comidas típicas, fazem da festa uma cultura popular em todo o país, especialmente no nordeste.

Em Picos (Pi), a preparação para as festas já movimenta o comércio local. Em alguns setores, é possível encontrar promoções de alguns produtos típicos da festança, enquanto em outros já ocorre o aumento de valores.

Em uma pesquisa realizada em 6 supermercados do centro de Picos, a reportagem do Folha Atual constatou que existe uma grande variação de valores entre os estabelecimentos que fornecem alimentos comuns nas quermesses juninas.

A maior variação está nos valores da canjica amarela. Os preços variam entre R$ 2,49 e R$ 5,75, o que corresponde à uma diferença de até 130% entre os supermercados.

Outra grande variação está nos preços das massas de milho, utilizadas em grande quantidade para as receitas de bolos e doces. As massas de 500 gramas podem ser encontradas de R$ 1,65 à R$ 4,75.

Essa alteração também está presente no milho de pipoca, que pode ser encontrado com valor de R$ 3,14 à R$ 5,25.

O produto com menor variação encontrado é o amendoim em quilo, usado para a produção de "paçoca" e "pé de moleque". O valor do produto possui diferença apenas de centavos entre os estabelecimentos, e está na média de R$ 21,90.

De acordo com o contabilista, Jeferson de Sousa, as festas juninas movimentam o mercado do varejo com vendas de roupas, tecidos e acessórios para a produção. O profissional afirma que o ramo alimentício é marcado pelo aumento de valores durante essas datas.

“O ramo alimentício se movimenta de forma agressiva nos valores de alimentos típicos da festividade. Em pesquisa de mercado, percebo uma grande variação de preços de um local para outro. Alguns locais fazem promoções para aumentarem as vendas, enquanto outros aumentam os valores de produtos e insumos. Mas isso não acontece apenas no mercado local picoense, mas sim em todas as regiões. Os consumidores e organizadores de modo geral passam por dificuldades para organizar os eventos com a alta da inflação, qualquer item passa a pesar no bolso, a produção alimentícia nessa época na região já está com alta nos preços comparativo a meses passados”, afirmou.

Contabilista, Jeferson de Sousa


O contabilista ainda destaca a importância dessas festividades para a economia local.

“A nossa microrregião ainda não tem grandes festas comparado à grandes cidades nordestinas, portanto não contamos com uma grande produção desses eventos para aumentar assim a economia de mercado, gerando mais renda e emprego para a população”, destacou Jeferson.

Comentários

Nenhum comentario realizado para esta materia
Não foi localizado registro para esta categoria!
 
  • Diretor Proprietário
    Edson de Sousa Costa
  • Repórteres
    Edson Costa
    Paula Monise
  • Revisão
    Equipe
  • Departamento Comercial
    Edson Costa
  • Folhaatual.com.br - Rua Coelho Rodrigues, 403 - 2º Andar - Centro - Picos - Piauí - Fone: (89) 3422-6652
  • Diretor Proprietário
    Edson de Sousa Costa
  • Repórteres
    Edson Costa
    Paula Monise
  • Revisão
    Equipe
  • Departamento Comercial
    Edson Costa
  • Folhaatual.com.br - Rua Coelho Rodrigues, 403 - 2º Andar - Centro - Picos - Piauí - Fone: (89) 3422-6652