Picos(PI), 01 de Julho de 2022
Picos(PI), 01 de Julho de 2022

Saúde
...
Enxaqueca: Dor de cabeça pode ser alerta para uma série de problemas de saúde
Postado em 13/05/2022 por Redação
As enxaquecas podem até ser banalizadas por grande parte da população, mas o que a princípio parece extremamente comum pode ser um indicador de doenças graves.
Tamanho da fonte A A
Mulher com enxaqueca
Foto: Reprodução/ IG Saúde.

O que é a enxaqueca?

A enxaqueca é um tipo de dor de cabeça com base biológica que causa recorrentes cefaleias unilaterais ou bilaterais, podendo variar de intensidade, geralmente afeta mais as mulheres do que os homens.

Os sintomas mais frequentes são dores latejantes, agitação, náuseas e hipersensibilidade à luz e som, sendo que nas mulheres os sintomas podem aumentar de intensidade nos períodos pré-menstruais e menstruais.

Maior risco de AVC

A incidência de Acidente Vascular Cerebral (AVC) é maior em pacientes que sofrem de enxaqueca, segundo estudos a relação pode estar ligada a um aumento da atividade de agregação plaquetária sanguínea que gera alterações nos vasos cerebrais e aumenta a chance da formação de coágulos nos vasos arteriais do cérebro.

Enxaquecas X Anticoncepcionais

Para as mulheres, cabe um alerta a mais, o risco de AVC em mulheres que já sofrem anteriormente de enxaqueca e fazem uso de alguns tipos de anticoncepcionais hormonais, recomenda-se cautela ao utilizar esses medicamentos e consultar um médico ginecologista para obter melhores recomendações.

Diagnóstico e tratamento

A enxaqueca é diagnosticada por um médico especialista através do levantamento de histórico familiar e análise dos sintomas apresentados pelo paciente.

O tratamento de enxaqueca deve ser realizado o mais rápido possível para evitar a progressão e o agravamento dos sintomas e ter maior possibilidade de evolução. Geralmente a doença é tratada com analgésicos comuns ou, para pacientes que não respondem bem a esse tipo de medicação, os chamados triptanos, uma droga com mecanismos mais específicos de ação.

Mas atenção, o uso de medicamentos sem prescrição médica pode agravar o quadro e gerar até intoxicação podendo afetar diversos órgãos, o uso abusivo, mesmo com orientação médica, dessa medicação também pode causar danos ao paciente.

A prevenção é feita basicamente com mudanças no estilo de vida, alimentação equilibrada, prática regular de exercícios físicos, redução do consumo de cafeína e sono regular.

Fonte: R7

Comentários

Nenhum comentario realizado para esta materia
Não foi localizado registro para esta categoria!
 
  • Diretor Proprietário
    Edson de Sousa Costa
  • Repórteres
    Edson Costa
    Paula Monise
  • Revisão
    Equipe
  • Departamento Comercial
    Edson Costa
  • Folhaatual.com.br - Rua Coelho Rodrigues, 403 - 2º Andar - Centro - Picos - Piauí - Fone: (89) 3422-6652
  • Diretor Proprietário
    Edson de Sousa Costa
  • Repórteres
    Edson Costa
    Paula Monise
  • Revisão
    Equipe
  • Departamento Comercial
    Edson Costa
  • Folhaatual.com.br - Rua Coelho Rodrigues, 403 - 2º Andar - Centro - Picos - Piauí - Fone: (89) 3422-6652