Picos(PI), 07 de Agosto de 2022
Picos(PI), 07 de Agosto de 2022

Economia
:::
Dois jovens brasileiros, criadores de startup, são os novos bilionários mais jovens do mundo
Postado em 07/04/2022 por Redação
Os jovens já eram nomes relevantes entre empresários do mundo financeiro antes de completarem 18 anos.
Tamanho da fonte A A
Pedro Franceschi e Henrique Dubugras
Foto: Reprodução

Dois jovens brasileiros aparecem entre os novos bilionários da lista da Forbes, divulgada nesta terça-feira (5). Feito anualmente, o 36º ranking da revista conta com 2.668 nomes, sendo 236 que se juntaram à seleção nos últimos 12 meses. Juntos, eles valem US$ 12,7 trilhões (R$ 58,6 trilhões).

Pedro Franceschi, 25, e Henrique Dubugras, 26, são os novos bilionários mais jovens do rol, segundo a revista, com patrimônio de US$ 1,5 bilhão cada (quase R$ 7 bilhões).

Eles são cofundadores da startup de cartões de crédito corporativos Brex, que, de acordo com a revista, foi avaliada em US$ 12,3 bilhões (R$ 56,7 bilhões) por investidores em janeiro.

Isto faz da empresa um "decacórnio", termo usado no mercado de tecnologia a startups que valem mais de US$ 10 bilhões (R$ 46 bilhões). O termo é derivado de unicórnio -nome dado a startups cujos valores de mercado ultrapassam US$ 1 bilhã o (R$ 4,6 bilhões).

Os jovens já eram nomes relevantes entre empresários do mundo financeiro antes de completarem 18 anos, conforme mostrou o jornal Folha de S.Paulo.

Outra estreante na lista é a cantora Rihanna, 34, cujo patrimônio líquido é avaliado em US$ 1,7 bilhão (quase R$ 8 bilhões). Em 2019, a Forbes já tinha listado a cantora como a artista feminina mais rica da música, com, na época, uma fortuna de US$ 600 milhões (R$ 2,7 bilhões).

No entanto, Rihanna não aparece na lista pela carreira musical, mas pelo sucesso na venda de produtos cosméticos Fenty Beauty, lançada em 2017, e no negócio de lingerie Savage X Fenty, de 2019. O feito a tornou a primeira bilionária de Barbados, seu país natal, do qual foi nomeada heroína nacional em dezembro do ano passado.

A Forbes encontrou mil bilionários mais ricos do que eram há um ano. Dentre eles, Elon Musk, 50, dono da Tesla, que pela primeira vez encabeça a seleção. Seu patrimônio líquido é avaliado em US$ 219 bilhões (cerca de R$ 1 trilhão).

Na segunda (4), Musk adquiriu a fatia de 9,2% do Twitter, o que fez as ações da plataforma dispararem. Ele também fará parte do conselho da rede social e promete fazer "melhorias significativas". A empresa de pagamentos Tipaldi Approve projeta o que o empresário será o primeiro trilionário da história em 2024.

Os 236 estreantes na lista vêm de 34 países diferentes, encabeçados pela China, que produziu 62 deles.

Uma série de instabilidades no panorama mundial nos últimos 12 meses, com pandemia, inflação em alta e, mais recentemente, a Guerra na Ucrânia, provocou também a saída de 87 nomes da lista, diz a revista.

O país com quedas mais drásticas foi a Rússia, onde há 34 nomes a menos do que ano passado.

Os Estados Unidos ainda lideram o número de bilionários no mundo, com 735 nomes, que juntos valem US$ 4,7 trilhões (R$ 1 quatrilhão).

Fonte: Folhapress

Comentários

Nenhum comentario realizado para esta materia
Não foi localizado registro para esta categoria!
 
  • Diretor Proprietário
    Edson de Sousa Costa
  • Repórteres
    Edson Costa
    Paula Monise
  • Revisão
    Equipe
  • Departamento Comercial
    Edson Costa
  • Folhaatual.com.br - Rua Coelho Rodrigues, 403 - 2º Andar - Centro - Picos - Piauí - Fone: (89) 3422-6652
  • Diretor Proprietário
    Edson de Sousa Costa
  • Repórteres
    Edson Costa
    Paula Monise
  • Revisão
    Equipe
  • Departamento Comercial
    Edson Costa
  • Folhaatual.com.br - Rua Coelho Rodrigues, 403 - 2º Andar - Centro - Picos - Piauí - Fone: (89) 3422-6652