Picos(PI), 18 de Novembro de 2019
Picos(PI), 18 de Novembro de 2019

Geral
INCONFORMADOS!
Moradores da comunidade Umari saem às ruas e protestam contra poluição de fábrica de asfalto
Postado em 17/10/2019 por Edson Costa
A população alega que a fumaça e o óleo da usina têm causado danos à saúde e destruído plantações.
Tamanho da fonte A A
Moaradores em frente a fábrica de asfalto
Foto: Isael Pereira

 

Por: Isael Pereira

Os moradores da comunidade Umarí, localizada a 5 km do centro de Picos, saíram nas ruas do povoado em sinal de protesto, na manhã desta quinta-feira, 17 de outubro. A manifestação é contra a emissão de gases e resíduos asfálticos produzidos pela fábrica Santa Inês, instalada na referida comunidade. O protesto iniciou em frente ao Posto de Saúde da localidade e se dirigiu até à frente da usina.

Instalada na comunidade há cerca de 5 anos a indústria tem gerado revolta entre os populares. O aposentado Francisco Sousa, mora nas proximidades da usina e o mesmo relatou que residi na comunidade sua vida inteira, mas que pensa até em se mudar, por causa dos agravos de saúde causados pela fumaça da indústria.

Aposentado Francisco Sousa

“Eu não sentia falta de ar, mas passei a sentir após as fumaças da indústria, minha saúde está sendo muito prejudicada. Eu tinha a fala ‘limpa’ e fiquei rouco por conta da fumaça. A usina traz ‘zoeira’, poeira e fumaça junta com óleo, onde quando se passa um pano em uma mesa saí preto. Se a fábrica não sair serei obrigado a me mudar daqui, ela não pode ficar perto das casas”, disse o aposentado.

Francisca Patrícia mora com seus dois filhos no Morro da Caixa D’agua uma parte mais alta da comunidade Umari e que consequentemente recebe um maior número de fumaça e resíduos asfálticos. A professora afirma que a fábrica tem colocado em risco a saúde de seus filhos, principalmente o pequeno Arthur Henrique de 1 ano e 4 meses de vida.

Francisca Patrícia

“Os efeitos negativos que recebemos dessa fábrica são inúmeros, mas o maior deles é o agravo à saúde, pois eu e meus filhos temos problemas respiratórios, com rinite alérgica e asma. Nos últimos meses a fábrica tem emitido uma quantidade de gases ainda maior, sem parar, de manhã, tarde e noite. Nós que somos mães e vermos nossos filhos doentes por conta do efeito causado por uma fábrica que se instalou em uma localidade residencial é muito complicado”, afirmou a professora.

No ato da manifestação o empresário e vice-prefeito de Picos, Edilson Carvalho, que é o dono da Construtora Santa Inês, trouxe para os manifestantes algumas explicações acerca da usina. Edilson afirma que se solidariza com os problemas dos moradores e por isso procurou estar presente. O empresário contou que quando a empresa foi instalada não havia um conjunto de casas ao lado e atualmente tem.

Edilson Carvalho, proprietário da fábrica

“Como homem público e que também fui votado nessa região, sabemos do benefício de asfaltamento que a fábrica trouxe para a região, mas sabemos que para quem mora próximo, ela causa esses transtornos. Vamos administrar o problema e tentar resolver o quanto antes, em um prazo de 6 meses, mas diante do clamor e dos pedidos, vamos tentar, para que possamos minimizar o tempo”, falou o empresário.

Edilson Carvalho ainda afirmou que a fábrica será totalmente removida do local. Enquanto não for retirada, o empresário destacou que de maneira paliativa, a torre onde saí a fumaça, será levantada e incrementando com um cano.

Vereador Maté, representante da comunidade

“Estamos analisando outros locais para transferis a fábrica, como a Vaca Morta, também próximo ao lixão, entre Picos e Geminiano, também estamos estudando entre Picos e Santana e Picos e Paquetá. Queremos um lugar que não seja tão próximo das casas, pois sabemos que ela vai poluir. Mas vamos tentar resolver o problema daqui”, concluiu Edilson Carvalho.

Moradores expressaram insatisfação com a situação

Os moradores munidos de cartazes e decididos na reinvindicação, afirmam que a fábrica causa danos não só a saúde humana, como também está trazendo prejuízos financeiros, nas plantações de bananas próximas a fábrica e manchas de óleo nos pisos e móveis das residências.

Segundo moradores plantações estão sendo afetadas

Residências ficam sujas de óleo

Além dos moradores da comunidade, estiveram presentes o vereador Maté representante político da localidade e o irmão do Edilson Carvalho, o empresário Getúlio Carvalho.

Comentários

Comentar
Nenhum comentario realizado para esta materia
Não foi localizado registro para esta categoria!
 
  • Diretor Proprietário
    Edson de Sousa Costa
  • Repórteres
    Edson Costa
    Jailson Dias
    Paula Monise
  • Revisão
    Equipe
  • Departamento Comercial
    Edson Costa
  • Folhaatual.com.br - Rua Coelho Rodrigues, 403 - 2º Andar - Centro - Picos - Piauí - Fone: (89) 3422-6652
  • Diretor Proprietário
    Edson de Sousa Costa
  • Repórteres
    Edson Costa
    Jailson Dias
    Paula Monise
  • Revisão
    Equipe
  • Departamento Comercial
    Edson Costa
  • Folhaatual.com.br - Rua Coelho Rodrigues, 403 - 2º Andar - Centro - Picos - Piauí - Fone: (89) 3422-6652