Picos(PI), 19 de Setembro de 2018

Geral
ORDEM
Mototaxista pede fiscalização contra clandestinos e mais segurança em Picos
Postado em 14/09/2018 por Jailson Dias
Muitos mototaxistas não falam abertamente sobre o assunto por medo de represálias
Tamanho da fonte A A
Mototaxista Everaldo Barros
Foto: Jailson Dias

Há tempos essa reclamação vem ecoando pela cidade de Picos. Os mototaxistas que trabalham regularmente, com documentos da moto em dias, Carteira Nacional de Habilitação (CNH) regularizada e alvará, tem pedido medidas contras os chamados “clandestinos”, ou seja, aqueles que estão irregulares com as obrigações para terem o direito de trabalhar legalmente com o transporte de passageiros. Além da redução da clientela para aqueles que pagam impostos, também há o risco na segurança para o cliente, que não tem garantias que vai chegar ao destino.

Muitos mototaxistas não falam abertamente sobre o assunto por medo de represálias, mas o mototaxistas Everaldo Barros não hesitou em nos conceder uma entrevista e denunciar o problema. Ele pediu que a Secretaria de Transporte, Trânsito e Mobilidade Urbana (STTRAM) tome providências imediatas para fazer valer a lei. “Tem de ser mais rigoroso na padronização, para que a pessoa, quando for pegar um mototaxista saiba quem está regularizado dentro do Código de Transito Brasileiro (CTB)”, comentou.

Dentre as obrigações Everaldo cita a necessidade do mototaxista ter o curso de transporte de passageiros e ter uma conduta idônea perante a justiça, ou seja, jamais ter cometido um crime.

Com a crise dos últimos anos, somada às taxas de impostos a serem pagos pelos mototaxistas, Everaldo Barros comenta que a demanda pelo serviço caiu e afetou o bolso desses profissionais. “Acredito que o mototaxista não está fazendo R$ 1000,00 por mês e com esse dinheiro só dá pra passar, não dá pra pagar médico e medicamento”, comentou.

Nós procuramos o secretário de Transporte, Trânsito e Mobilidade Urbana de Picos, Edilberto Cirilo para saber se havia alguma medida a ser tomada quanto a esse problema que se arrasta pelos últimos anos.

Ele informou que a STTRAM está montando uma equipe para fiscalizar e coibir as pessoas que queiram trabalhar como mototaxistas clandestinamente. O secretário garantiu que essa equipe também se voltará para os donos de carros de passeio que estão fazendo o transporte de passageiros indevidamente, tomando clientes dos carros de lotação. No entanto, ele não precisou uma data para que essa ação tenha início.

Comentários

Nenhum comentario realizado para esta materia
 
  • Diretor Proprietário
    Edson de Sousa Costa
  • Repórteres
    Edson Costa
    Jailson Dias
    Marta Soares
  • Revisão
    Equipe
  • Departamento Comercial
    Edson Costa
  • Folhaatual.com.br - Rua Coelho Rodrigues, 403 - 2º Andar - Centro - Picos - Piauí - Fone: (89) 3422-6652