Picos(PI), 16 de Julho de 2019

Geral
::: MANIFESTAÇÃO
População de Santo Antônio de Lisboa interdita BR 020 em manifestação
Postado em 24/08/2013 por Marta Soares
Após acidentes e mortes, moradores pedem redutores de velocidade na área conhecida como "Travessia da Morte".
Tamanho da fonte A A
Barricada feita na entrada da cidade
Foto: Marta Soares

Durante toda a manhã deste sábado (24), moradores do bairro Acampamento, em Santo Antônio de Lisboa, realizaram manifestação, interditando dois pontos da BR 020, na altura do Km 385, pedindo que as autoridades responsáveis coloquem na área redutores de velocidade no trecho que chamam de "Travessia da Morte". A situação foi registrada até em forma de arte regional. No cordel "Viaduto Santo Antônio", Zédebrito narrou a saga da população:

Na região, onde de um lado fica a entrada de Santo Antônio de Lisboa e do outro é o bairro Acampamento, há grande tráfego de pessoas que precisam atravessa a BR para ir ao outro lado da cidade. Muitos acidentes são registrados ali, muitos deles com vítimas fatais. O último acidente foi registrado no domingo, dia 18. No acidente, um caminhão Volvo e uma Pickap Ford colidiram, causando a morte do condutor da Pickap, José Anailton Rodrigues de 52 anos, morador do referido bairro.

Segundo relatos de moradores que tiveram familiares mortos em acidentes naquele trecho, é necessário que seja implantado sensores e redutores de velocidade. Casemiro de Oliveira Castro, 73 anos, perdeu um filho de 12 anos, Irlênyo Rodrigues, no dia 14 de julho de 2005. Na ocasião, Irlênyo e outra criança, tentavam atravessar a pista e foram colhidos por um veículo. "Quando eu perdi meu filho, procurei o DNIT para fazer um apelo. O diretor, naquela época, me prometeu que em até 90 dias seriam instalados sensores e até hoje nada foi feito", disse Casemiro.

O sobrinho de José Anailton, Ênio Rudiney, disse ao Folha Atual que pelo menos 17 mortes já foram registradas naquele trecho da BR 020. "Dois ofícios já foram entregues às autoridades, mas nada é feito. Nós não queremos perder mais amigos e parentes".

O primeiro ofício encaminhado às autoridades é de 2007 e foi feito pelo vereador Antônio Serafim de Carvalho (DEM), que em seu 8º mandato consecutivo na câmara, vê mais uma vez o pedido ser feito aos órgãos responsáveis. "A gente vem lutando, mas o que vimos é a perda dos amigos e familiares da gente".

Dentre as vítimas que perderam a vida na "Travessia da Morte" estão:
Alexandre Inácio Catarino (06/07/1982)
Valdínio Francisco da Silva (31/03/1992)
Varton Francisco da Silva (Junho de 2000)
Fábio Antônio da Silva (Junho de 2000)
Irlênyo Rodrigues de Oliveira (14/07/2005)
Pedro Domingos de Sousa (14/07/2005)
José Gregório Neto (10/02/2010)
José Anailton Rodrigues (18/08/2013)

Antes do início da manifestação, houve missa de 7º dia de Anailton Rodrigues, na Igreja de São José, ministrada pelo Pe. Jonas. Com a interdição da BR, que não tem hora para acabar, inúmeras carretas e carros de passeio estão impossibilitados de entrar ou sair da cidade.

Veja mais imagens da manifestação:

Comentários

Postado por: magno em: 24/08/2013 às 21:43:35

estamos apoiando com garra a causa, apesar de eu n poder estar na manifestação, mas sou morador da cidade de Santo Antonio, e ja vi algumas dessas mortes, fora os acidentes que não levaram a mortes mas deixaram sequelas para as vitimas, não deixo também de ser uma vitima indiretamente, pois perdi um ente querido meu.

 
  • Diretor Proprietário
    Edson de Sousa Costa
  • Repórteres
    Edson Costa
    Jailson Dias
    Marta Soares
  • Revisão
    Equipe
  • Departamento Comercial
    Edson Costa
  • Folhaatual.com.br - Rua Coelho Rodrigues, 403 - 2º Andar - Centro - Picos - Piauí - Fone: (89) 3422-6652