Picos(PI), 16 de Julho de 2019

Polícia
:::
Instrutor ministra curso de tiro para policiais militares e civis em Picos
Postado em 09/07/2019 por Redação
Curso foi ministrado no Clube de Tiro da Tapera (CTT).
Tamanho da fonte A A
Curso de retenção e contra-retenção
Foto: Folha Atual

Nesta terça-feira (09) policiais do 4° Batalhão de Polícia Militar (4° BPM) e DA Polícia Civil que atuam na cidade de Picos participaram de um curso de retenção e contra retenção de arma de fogo com um dos maiores instrutores do Brasil em tiro, Luiz Charneski. A capacitação realizada no Clube de Tiro Tapera (CTT) é uma iniciativa de empresários e integrantes do CTT.

O curso de retenção e contra retenção envolve difusão de conhecimentos teóricos e práticos, onde situações comuns no trabalho do policial que põem em risco a vida dos mesmos são analisadas. Assim sendo, técnicas para evitar a morte dos oficiais são repassadas.

O instrutor do curso, Luiz Charneski, destacou que uma das maiores deficiências no trabalho policial que podem comprometer a sua vida é falta de treinamentos.

“É uma alegria muito grande estar na cidade de Picos, nesse estado maravilhoso que me recebe. Uma honra poder treinar os policiais da cidade. A minha intenção no treinamento é que o policial não morra com o seu próprio armamento. Uma grande deficiência que existe é a falta de treinamento, as instituições oferecem, mas o policial precisa dar continuidade, o que não ocorre devido ao trabalho, as obrigações pessoais”, afirmou o instrutor.

Instrutor Luiz Charneski ao fundo da imagem

O comandante da Força Tática do 4° BPM, Mário Oliveira, enfatizou que o curso é uma oportunidade do policial adquirir novos conhecimentos e em meio ao trabalho de garantir a segurança dos cidadãos poder retornar com vida para o lar.

“Esse treinamento é de suma importância, vai somar e muito com os conhecimentos que os policiais já dispõem. É uma preocupação do comandante Viana estar capacitando a tropa, saindo daqui nossos policiais vão saber se livrarem de situações em que o agressor pode tentar pegar a arma do policial e executá-lo”, disse.

O policial militar da Força Tática do 4° BPM, Michel Coutinho, frisou que o curso vai ampliar os conhecimentos que o mesmo já possui, melhorando ainda mais na resolução de abordagens e situações de confrontos com criminosos.

“Esse treinamento de contenção e retenção de armamento de fogo é indispensável para nós policiais militares. É um treinamento novo e como já tenho uma experiência com artes marciais há 25 anos vai agregar bastante”, concluiu.

PM Michel Coutinho

Comentários

Nenhum comentario realizado para esta materia
 
  • Diretor Proprietário
    Edson de Sousa Costa
  • Repórteres
    Edson Costa
    Jailson Dias
    Marta Soares
  • Revisão
    Equipe
  • Departamento Comercial
    Edson Costa
  • Folhaatual.com.br - Rua Coelho Rodrigues, 403 - 2º Andar - Centro - Picos - Piauí - Fone: (89) 3422-6652