Picos(PI), 20 de Maio de 2019

Saúde
INFORMAÇÃO
Apesar de “Fake News” quanto às vacinas, campanha de imunização deve atingir a meta em Picos
Postado em 11/05/2019 por Jailson Dias
A supervisora Maria Fontes informou ainda que muitas pessoas se conscientizaram quanto a importância de estar imunizadas
Tamanho da fonte A A
Supervisora Mariana Fontes
Foto: Jailson Dias

O mundo vive uma onda de notícias mentirosas, as chamadas “Fake News”. Estas publicações se valem das redes sociais para atingir um grande número de pessoas, levantando dúvidas sobre a segurança de expedientes necessários para a vida humana, como as vacinas, que nos últimos 100 anos erradicaram dezenas de doenças, em especial no Brasil, como o sarampo, a difteria, o tétano, a poliomielite. No entanto, muitas pessoas tem resistindo a onda de mentiras e buscado se vacinar.

Isso pode ser atestado na cidade de Picos, onde, segundo a supervisora de Imunização da Secretaria de Saúde, Mariana Fontes, as salas de vacinação tem sido bastante procuradas pela população que busca se imunizar contra o vírus da gripe. Embora a secretaria ainda não tivesse dados atualizados até o fechamento dessa matéria, a supervisora acredita que a meta será atingida até o final da campanha, que se encerra no dia 31 de março.

“Todos os postos de vacinação tem recebido um grande número de pessoas que estão nos grupos de risco e, se continuar dessa maneira, vamos conseguir bater a meta, assim como no ano passado”, informou.

A campanha de vacinação contra o vírus da gripe teve início no dia 10 de abril e pelo menos 16 mil pessoas estão no grupo de risco para se vacinar aqui em Picos. Todos os postos da zona urbana da cidade, que possuem sala de vacinação, estão aptos a receber as pessoas diariamente, enquanto na zona urbana a imunização acontece de acordo com as marcações realizadas por enfermeiras e técnicas de enfermagem. “Temos que vacinar pelo menos 90% delas”, frisou a supervisora referindo-se às pessoas.

A supervisora Maria Fontes informou ainda que muitas pessoas se conscientizaram quanto a importância de estar imunizadas. “Muita gente ainda tem medo de reações, mas até que tem entendido que a vacina é para proteger contra problemas futuros”, comentou.

Os grupos prioritários para se imunizarem contra a gripe são: idosos, pessoas portadoras de doenças crônicas, professores das redes públicas e privadas, profissionais da saúde, pessoas privados da sua liberdade, agentes penitenciários, obesos, transplantados. Também passaram a ser incluídos os policiais militares, civis e bombeiros.

“No caso de pessoas que possuem alguma comorbidade, terão de apresentar uma prescrição médica, por exemplo, no caso da pessoa que tem asma, ela tem que apresentar uma prescrição provando que tem aquela doença”, explicou a supervisora.

Quanto às pessoas com dificuldade de locomoção ou acamados, as equipes de imunização deverão se deslocar até as suas residências. As vacinas tem chegado regularmente a Picos. Diferente da cidade, o Estado, de um forma geral, não tem conseguido atingir a meta.

Comentários

Nenhum comentario realizado para esta materia
 
  • Diretor Proprietário
    Edson de Sousa Costa
  • Repórteres
    Edson Costa
    Jailson Dias
    Marta Soares
  • Revisão
    Equipe
  • Departamento Comercial
    Edson Costa
  • Folhaatual.com.br - Rua Coelho Rodrigues, 403 - 2º Andar - Centro - Picos - Piauí - Fone: (89) 3422-6652