Picos(PI), 20 de Março de 2019

Geral
:::
Diocese de Picos promove coletiva com técnicos do governo sobre impacto de projetos econômicos
Postado em 11/03/2019 por Jailson Dias
Um Grupo de Trabalho, formado por representantes de todas essas instituições visitará comunidades de sete municípios
Tamanho da fonte A A
Coletiva
Foto: Jailson Dias

A Diocese de Picos promoveu na manhã desta segunda-feira, 11, no Centro de Pastoral Diocesano, uma entrevista coletiva com os técnicos do Governo do Piauí, representantes da Cáritas Brasileira e da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) Regional Nordeste 4, que vão acompanhar a situação das comunidades que estão sendo impactadas com grandes projetos econômicos que chegaram ao estado. Além do Folha Atual, representantes dos demais veículos da cidade estiveram presentes.

As perguntas feitas pelos jornalistas foram dirigidas ao bispo Dom Plínio José Luz; ao secretário-executivo da Cáritas, Adonias Moura; a gerente de Articulação Territorial da Secretaria de Planejamento do Piauí, Patrícia Amálio Castro e ao Coordenador da Comissão Pastoral da Terra, Gregório Borges. Toda a coletiva foi transmitida ao vivo pela Rádio Cultura FM.

Um Grupo de Trabalho, formado por representantes de todas essas instituições visitará comunidades de sete municípios que foram impactadas diretamente pelos projetos econômicos, que incluem a implantação da energia eólica, a ferrovia Transnordestina e a energia solar. Esse trabalho já começou hoje, dia 11, e deve se estender até o dia 17. Ao longo do processo as pessoas serão questionadas sobre como estão as suas vidas após a chegada dos projetos econômicos.  

“Ao todo são 25 pessoas divididas em duas equipes que irão a sete municípios: Caldeirão Grande, Simões, Marcolândia, Pio IX, Betânia Piauí, Curral Novo, terminando em Fronteiras, no sábado, 16, quer dizer é uma semana inteira de visitas e reunião, e o processo é esse, ouvir as pessoas e ver aquilo que está causando constrangimento ou alegria”, explicou Dom Plínio.

Ele afirmou que é necessário prezar antes de tudo pela população piauiense, para depois pensar no aproveitamento dos recursos. “Você veja que a energia eólica está sendo mandada para o Centro-Oeste do país, para Goiás, não fica aqui, não tem nenhuma casa da região que seja abastecida por essa energia, tem locais que quando chega a noite, não suporta a energia e cai bastante”, comentou.

A gerente de Articulação Territorial da Secretaria de Planejamento do Piauí, Patrícia Amálio Castro, afirmou que essas visitas às comunidades sinaliza um novo tempo de preocupação com as pessoas, tudo a partir da Romaria da Terra de 2018, realizada na região de Paulistana – PI. Na ocasião, um documento foi elaborado e encaminhado ao Governo do Estado, que agora formou um Grupo de Trabalho para acompanhar o impacto dos projetos econômicos.

Comentários

Nenhum comentario realizado para esta materia
 
  • Diretor Proprietário
    Edson de Sousa Costa
  • Repórteres
    Edson Costa
    Jailson Dias
    Marta Soares
  • Revisão
    Equipe
  • Departamento Comercial
    Edson Costa
  • Folhaatual.com.br - Rua Coelho Rodrigues, 403 - 2º Andar - Centro - Picos - Piauí - Fone: (89) 3422-6652