Picos(PI), 20 de Outubro de 2018

Política
:::
Em Picos, eleitores destacam motivos para votar em Bolsonaro e Haddad
Postado em 09/10/2018 por Redação
Opiniões refletem a consciência do eleitorado sobre o voto.
Tamanho da fonte A A
Alane Raquel Amorim
Foto: Karine Isley

O segundo turno presidencial será disputado pelos candidatos Jair Bolsonaro (PSL) e Fernando Haddad (PT). O processo eleitoral que tem continuidade no dia 28 de outubro será decisivo para o rumo da democracia política do país.

Para saber a motivação dos eleitores picoenses sobre a escolha do voto em Haddad e/ou Bolsonaro, a reportagem do Folha Atual foi às ruas da cidade.  O cenário opinativo reflete equilíbrio e consciência do eleitorado.  

Em Picos, ainda existe eleitor com dúvidas sobre qual candidato votar no segundo turno. O ex-prefeito de Francisco Santos, José Edson de Carvalho, disse que ainda está analisando as propostas dos candidatos para definição do voto.

“Ainda estou analisando para quem votar, vou ouvir as propostas até o dia da eleição. Até o momento não sei ainda para quem vou votar no segundo turno”, afirmou o ex-prefeito.

José Edson de Carvalho

Para ganhar o voto, os candidatos terão que superar a imagem negativa que os eleitores têm dos mesmos. A vendedora numa loja de confecções, Alane Raquel Amorim, destacou que se for partir deste critério sente mais confiança em Bolsonaro.

“Para escolher entre Bolsonaro e Haddad, preferia Bolsonaro, porque Haddad deixa as coisas muito solta, não é de confiança”, frisou.

Alane Raquel Amorim

Muitos eleitores desejam mudança no governo federal, com é o caso do vendedor autônomo, João Antônio da Silva.  Para ele é preciso renovação para que o Brasil se livre da crise econômica e política que enfrenta atualmente.                                                  

“O PT não tem um projeto que tire o Brasil da crise, então o Bolsonaro vai trazer propostas novas, vou arriscar nele para ver se melhora” enfatizou.

João Antônio da Silva

No entanto, as opiniões são diversas. O professor universitário, Tales Antão, explica que seu voto é em Haddad (PT) por temer que votando no candidato oponente a ditadura possa ter lugar no país.

“Meu voto desta vez não vai mais ser por partido, e sim por aquele que não vai colocar minha vida e a de muitas outras pessoas em risco, voto 13, Voto Haddad, Não ao Bolsonaro. Não nego meu desafeto a este partido. Mas pela vida, pela paz, pela democracia e pela garantia de direitos”, comentou o professor.

Tales Antão

Já outros eleitores votam em Haddad (PT) em razão do que Lula já fez quando presidente da República, como é a opinião da estudante Mayara Oliveira.

“Eu sou uma prova do que ele fez, porque se hoje estou terminando um curso superior é graças ao PROUNI que ele criou, e assim como eu, a maioria da minha turma. O Lula colocou energia elétrica e uma cisterna ao lado de cada casa que era abastecida mensalmente de forma gratuita e que só foi a Dilma ser retirada da presidência que eles tiveram que começar a pagar pela água. Hoje as crianças podem estudar, porque têm escolas e transporte pra levar as crianças, coisas que não tinham antes dele. Entre muitas outras benfeitorias” concluiu.

Mayara Oliveira

Por: Karine Isley (estagiária) 

Revisão: Folha Atual

Comentários

Nenhum comentario realizado para esta materia
 
  • Diretor Proprietário
    Edson de Sousa Costa
  • Repórteres
    Edson Costa
    Jailson Dias
    Marta Soares
  • Revisão
    Equipe
  • Departamento Comercial
    Edson Costa
  • Folhaatual.com.br - Rua Coelho Rodrigues, 403 - 2º Andar - Centro - Picos - Piauí - Fone: (89) 3422-6652