Picos(PI), 22 de Agosto de 2018

Política
CRÍTICA
Belê diz que déficit na previdência de Picos é falta de respeito com o servidor
Postado em 15/05/2018 por Jailson Dias
Somando-se o valor pago às secretarias conforme citado acima, a prefeitura já pagou R$ 900 mil. Dessa forma a dívida foi reduzida para R$ 1,8 milhão
Tamanho da fonte A A
Belê critica atraso na previdência municipal
Foto: Edson Costa

Na última semana muito se tem debatido na cidade de Picos sobre o déficit de R$ 2,7 milhões nas contas do Fundo de Previdência do Município de Picos (PicosPrev), denúncia que foi efetuada pelo vereador Afonso Guimarães, o Afonsinho (Progressistas), na tribuna da Câmara Municipal. Sobre essa questão a suplente de deputado estadual Belê Medeiros (Progressistas) declarou em entrevista ao Folha Atual que se trata de uma falta de respeito para com o servidor.

“Fico até horrorizada com isso. Falta de respeito para com os servidores municipais. Essas pessoas serão prejudicadas no futuro. Já alertei várias vezes e fiz falas na Assembleia Legislativa e aqui em Picos em várias entrevistas, então nos preocupa bastante, isso vai prejudicar bastante no futuro”, declarou.

Belê declarou que em suas andanças pela cidade de Picos tem sentido a aversão do povo contra a atual administração municipal. “Não tenho nada contra a pessoa do Pe. Walmir Lima e o seu grupo político, mas nós temos o direito e a obrigação de elegermos as nossas críticas e apontar as dificuldades que nós visualizamos”, declarou.

Como havia prometido o vereador Afonsinho procurou o Ministério Público Estadual (MPE) e registrou denúncia com relação ao atraso nos repasses. O MPE está investigando o caso, que pode resultar em uma série de sansões contra a administração municipal, como a impossibilidade de receber repasses de recursos federais, além do gestor ainda poder responder a processo por improbidade administrativa.

Atualização

Antes do fechamento dessa edição do jornal Folha Atual a nossa equipe procurou o gerente do PicosPREV, Mailson Bezerra Barros, para saber se a dívida ou parte dela havia sido quitada. Ele preferiu não se manifestar sobre o assunto. No entanto, conseguimos junto ao procurador geral do município, advogado Maycon Luz, saber que os meses de janeiro da Secretaria de Educação, março da Administração, além do valor equivalente ao 13° Secretaria de Saúde, já foram pagos pela prefeitura.

Somando-se o valor pago às secretarias conforme citado acima, a prefeitura já pagou R$ 900 mil. Dessa forma a dívida foi reduzida para R$ 1,8 milhão.

Comentários

Nenhum comentario realizado para esta materia
 
  • Diretor Proprietário
    Edson de Sousa Costa
  • Repórteres
    Edson Costa
    Jailson Dias
    Marta Soares
  • Revisão
    Equipe
  • Departamento Comercial
    Edson Costa
  • Folhaatual.com.br - Rua Coelho Rodrigues, 403 - 2º Andar - Centro - Picos - Piauí - Fone: (89) 3422-6652