Picos(PI), 20 de Julho de 2018

Política
MANDATO
TRE-PI julga improcedente ação que pedia cassação do mandato do Pe. Walmir Lima
Postado em 05/12/2017 por Jailson Dias
A decisão do Pleno do TER foi tomada ao final da manhã desta terça-feira, 05
Tamanho da fonte A A
TRE decide em favor do Pe. Walmir Lima
Foto: Jailson Dias

O Tribunal Regional Eleitoral do Piauí (TER-PI) julgou improcedente a Ação de Investigação Judicial Eleitoral que pedia a cassação do mandato do prefeito de Picos, Pe. Walmir Lima (PT) e do seu vice, Edilson Alves de Carvalho, vitoriosos na eleição de 02 de outubro de 2016. A decisão dos desembargadores foi unânime, ou seja, por seis votos a zero contra a ação movida pela coligação “Pra Cuidar da Nossa Gente”, encabelada pelo ex-prefeito Gil Paraibano (PP).

A decisão do Pleno do TER foi tomada ao final da manhã desta terça-feira, 05, em Teresina, e correspondeu às expectativas da defesa do Pe. Walmir Lima. Apesar da derrota, a coligação do ex-prefeito Gil Paraibano pode recorrer ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE), instância final.

A Ação de Investigação Judicial Eleitoral impetrada pela coligação do ex-prefeito Gil Paraibano acusava o prefeito Pe. Walmir Lima de ter cometido “abuso de poder econômico” para usar os meios de comunicação da cidade ao seu favor durante a campanha eleitoral de 2016.

A ação já havia sido derrotada em primeira instância, quando o juiz da 62° Zona Eleitoral, José Airton, julgou como improcedente, decisão que foi mantida pelos desembargadores do TRE, por entender que não houve “abuso de poder econômico” e nem favorecimento por parte dos meios de comunicação da cidade em favor do atual prefeito.

Comentários

Nenhum comentario realizado para esta materia
 
  • Diretor Proprietário
    Edson de Sousa Costa
  • Repórteres
    Edson Costa
    Jailson Dias
    Marta Soares
  • Revisão
    Equipe
  • Departamento Comercial
    Edson Costa
  • Folhaatual.com.br - Rua Coelho Rodrigues, 403 - 2º Andar - Centro - Picos - Piauí - Fone: (89) 3422-6652