Picos(PI), 22 de Julho de 2017

Política
ESTRUTURAÇÃO!
Câmara aprova requerimento que prevê estruturação da Coordenadoria da Mulher
Postado em 11/07/2017 por Paula Monise
Requerimento seguiu para apreciação do Executivo Municipal.
Tamanho da fonte A A
Vereadora Dalva Mocó
Foto: Paula Monize

A Coordenadoria dos Direitos da Mulher de Picos foi instituída há mais de três anos e de lá para cá o órgão tem funcionado imerso em deficiências estruturais e de recursos humanos. Com o objetivo de transformar esta realidade e ampliar os serviços direcionados à vítimas de violência doméstica, a vereadora Francisca Celestina de Sousa, a Dalva Mocó (PTB), apresentou um requerimento que prevê a informatização e adequação estrutural do espaço.

O requerimento foi aprovado pela Câmara Municipal de Vereadores e seguiu para apreciação do Executivo.

A vereadora Dalva Mocó (PTB) esclareceu que a elaboração do requerimento partiu de visitas realizadas a Coordenadoria. Para ela, apesar da eficácia da Lei Maria da Penha, a violência doméstica é um problema social preocupante que merece atenção dos representantes políticos.

“É um desejo nosso que a coordenadoria possa ser reestruturada, possa ser informatizada porque lá atualmente nós temos apenas a coordenadora que presta serviços à população picoense. É preciso melhorar as condições de trabalho e mais recursos humanos”, pontuou.

A parlamentar frisou que o projeto municipal inclui a formação de uma equipe multidisciplinar que possa oferecer suporte às vítimas. A mesma já se reuniu com o prefeito de Picos, Padre Walmir Lima (PT) e apresentou as demandas.

A coordenadora municipal dos Direitos da Mulher, Maria José do Nascimento, a Nega Mazé, destacou que a ação da vereadora além de positiva, também é uma forma de reconhecer a luta enfrentada contra a violência doméstica no município.

“Eu fiquei muito contente com a visita da vereadora Dalva Mocó. Ela sempre acompanha e participa das reuniões da Coordenadoria da Mulher e UMP, bem como é conhecedora das necessidades enfrentadas pelas mulheres picoenses, tem apoiado a nossa luta. Durante sua visita ela conversou com a gente e percebeu nossas deficiências. Na coordenadoria dentro de nossas limitações fazemos o que podemos”, disse a coordenadora.

Nega Mazé ainda revelou que em parceria com a Coordenadoria Estadual da Mulher está sendo elaborado um projeto de Lei que prevê a construção da Casa de Abrigo de Picos e do Centro de Convivência. O projeto será encaminhado para apreciação da Assembleia Legislativa do Estado do Piauí e para a Secretaria Nacional da Mulher.

 

Comentários

Nenhum comentario realizado para esta materia
 
  • Diretor Proprietário
    Edson de Sousa Costa
  • Repórteres
    Edson Costa
    Jailson Dias
    Marta Soares
  • Revisão
    Equipe
  • Departamento Comercial
    Edson Costa
  • Folhaatual.com.br - Rua Coelho Rodrigues, 403 - 2º Andar - Centro - Picos - Piauí - Fone: (89) 3422-6652